Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Achados Arqueológicos

A TSF desenterrou ontem um dos mais glorificados fósseis do Futebol Nacional.

Dias da Cunha deu uma entrevista em que, entre outras coisas, diz que o sistema continua vivo.

Toda a gente se lembra dos últimos tempos deste senhor enquanto presidente, que por acaso, ou até não, foi o último campeão pela agremiação de répteis do Lumiar, nos quais o caso Jardel e as sucessivas rábulas sobre o Sistema, retiraram-lhe credibilidade perante os seus associados, havendo até quem lhe tomasse como louco.

O tempo daria razão a este louco lagarto…

Rebenta então o processo Apito Dourado, mas o homem que durante muito tempo alertou as hostes lagartas acerca da existência de um sistema corrupto que controla o futebol português já não lá morava. No seu lugar um homem alto, que tinha por hábito lavar os dentes com uma garrafa de Old Parr:

Este seguidor do projecto Roquette (http://ogolpedeestadio2.blogspot.com/2006/12/so-muitos-no-so.html) nada fez, e muito podia ter feito pelo futebol nacional, aliando-se ao Benfica nessa luta por acabar de uma vez por todas com a porcaria no futebol nacional. Mas dali não se esperavam grandes epopeias, jamais esta espécie de homem morderia a mão que o dava de comer ano após ano, permitindo-lhe alcançar a Champions, tão boa para as desgraçadas finanças lá do grémio…E passada a tormenta do amigo e aliado, foi-se embora, inexplicavelmente, com a sensação de dever cumprido para quem tanto lhe deu de mamar.

Para o seu lugar veio este:

E dele também não se espera grande coragem, principalmente por ser capaz de, mesmo após ter ouvido as escutas onde está presente o desrespeito do flatulento de Contumil para com o seu clube e para consigo próprio, se sentar a seu lado e com ele fazer negócios.

De facto com vizinhos destes, o deserto até parece um bom lugar para estar.

Vou-me com duas perguntas, com “El Loco” Dias da Cunha a presidente na altura do Apito, que posição teria a lagartagem perante o processo? Que realidade viveríamos hoje no futebol português?

2 comentários:

Carlos Alberto disse...

Os lagartos correram com o Dias da Cunha por causa do pacto com o Benfica e agora vão ficar sem o clube.

Observador disse...

Deculparão mas não falo de quem não me desperta o mínimo interesse.