Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

O mundo do Unicórnio

Ou, como "plantar" notícias e "newsletters" mediáticas de modo a que as tropas se unam no combate a ataques exteriores. Para depois desmentir e acusar, criando guerras e tricas que vão enchendo o folclórico dia-a-dia do futebol nacional.

A capa de hoje do miserável record é de uma fantasia própria de quem vive no mundo dos faunos, unicórnios, fadas e duendes mágicos. Correcto.

O problema é que de repente ninguém fala mais da miseravelmente obsoleta e inócua entrevista do presidente, em que uma vez mais, e dissimuladamente, sacudiu a água do capote, contribuindo outra vez para dividir em vez de unificar. Ter dito que a culpa era dele, pois ele é que decidia os destinos do futebol, depois de dizer que o discurso do treinador teria de mudar, soa mal, soa a paternalismo forçado só para ficar bem e mostrar-se clemente.

Há coisas que não se dizem publicamente, coisas que se dizem para dentro do grupo, mas ele nunca aprende, pior, o que aprende acaba por desaprender. É triste para mim, ver o Benfica regressar às páginas dos jornais por estes motivos

De repente ninguém vai falar do artigo publicado no I, nem no CM, e vão continuar a falar do Couceiro e a atacar o Jesus, enquanto que a direcção em figura do seu presidente, que para mim é tão ou mais culpado que o treinador, lava as mãos, impunemente.

Assim, está o treinador a cozer em lume brando na imprensa, devido ao presidente o ter enfraquecido aos olhos da mesma. Neste momento, Jesus é o elo mais fraco da estrutura do futebol, que não haja dúvidas sobre isso.

Prevêm-se tempos difíceis no Nosso amor.

4 comentários:

Carlos Alberto disse...

Entrevista inócua!!! Desta vez esmeraste-te e encontraste a palavra certa.

Quanto à primeira página do Reco-Reco, aqui quanto muito seria um ataque ao Rui e não ao JJ pois o dito cujo, qual monstro do Lago Ness, era para director desportivo.

ToElGordo disse...

lol, lagarto loch ness..Sim de verdade a capa do Reco Reco é mais apontada ao Rui, mas a questão não é essa, o que quis sublinhar foi o desviar de atenções daquilo que é importante, isto do Couceiro só podia ser mentira, e no entanto estamos todos a falar disto, como se não houvesse coisas mais importantes a discutir.

Greg disse...

E as situações "ridículas" continuam.

Observador disse...

Estou cansado de dizer que a (pseudo) comunicação social portuguesa só se preocupa com a venda dos jornalecos.

O resto é cenário.