Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Sem pulmão não haverá campeão!

Manuel Fernandes 2004/2005.

Ramires 2009/2010.

Quem será o novo pulmão do Benfica para a nova época? Mais do que avançados, que têm estado na ordem do dia, uma contratação fulcral para a próxima época seria a de um jogador com essas características, um centro-campista lutador que faça várias "piscinas" por jogo, que dê capacidade de luta, choque e roubo de bola ao meio campo, obviamente que não estou a falar de nenhum Fernando Aguiar, mas de alguém que para além das supracitadas características, consiga tratar bem o esférico.

Não durmamos neste assunto! O Javi não pode continuar sozinho no meio campo e isso é obvio até para os mais distraídos!

Espero ansiosamente o dia dessa contratação, será esse o dia em que renovo as minhas esperanças, doutra maneira, sem um jogador com estas características, não começo a "acarditar".

8 comentários:

Observador disse...

Existem perspectivas de contratações.

Defesas, médios ofensivos, avançados.
E o(s) tal(is) pulmão(ões)?

Parece que alguém ainda anda distraído e não percebeu a necessidade.

Resta aguardar.

Manuel Oliveira disse...

É verdade, faz falta um jogador desse tipo. Poderá ser o Danilo do Santos ou outro, mas terá que vir alguém.

Abraço.

ToElGordo disse...

O Danilo do Santos era óptimo de facto. Resta saber quanto tempo mais será preciso aguardar pela contratação de um jogador com estas características, sendo que quanto mais cedo melhor, que depois vêm os tubarões e ficamos a arder. Temos de nos mexer mais depressa, sigilosamente e bem no mercado. É todos os anos a mesma coisa.

RicardoPreto disse...

Sé é por um Benfica campeão,
eu cedo o meu pulmão... eheheh!
O Danilo é só mais um brazuca... na europa o futxibol é outro...

Ricardo Chaves disse...

O pulmão até podia ser o Maxi, se encontrarmos um lateral direito que o substitua, ou o Rúben Amorim. O Benfica precisa de menos contratações de gajos que nunca ninguém ouviu falar e de mais estabilidade.

O problema é que estabilidade não dá comissões...

ToElGordo disse...

O Maxi era uma ideia, residindo aí sim o problema de encontrar um defesa direito que dê tanta profundidade ao flanco quanto ele. Danilo é lateral direito de origem, só que agora joga a interior direito. O Rubén não sei se terá capacidade física para isso, tem uma lesão muito complicada e ficar só com Maxi e Rúben, sabendo da condição deste ultimo, parece-me pouco. Por isso a meu ver é necessário avançar para uma contratação para esse(s) posto(s).

Manuel Oliveira disse...

Não esqueçam que o dinamarquês Daniel Wass pode ser lateral direito e médio. Aliás começou, tal como o Maxi no meio campo e recusou para lateral.

Abraço.

ToElGordo disse...

Sim, mas mesmo contando com Wass, creio ser necessario contratar alguém, mais na onda de prevenir para mais tarde não ter de remediar.