Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Gente que não Te merece

Adeus confirmado à ínfima possibilidade de sermos campeões num jogo que teve de tudo, desde momentos de muita qualidade no nosso futebol ofensivo, a outros de muita displicência defensiva e uma arbitragem muito má de alguém que já nos habituou precisamente a isso e até a pior.

De positivo destaco o facto de termos chegado ontem ao golo 100 da época, um bonito e importante número. De negativo para além do resultado e do que ele significava, destaco o facto de mais uma vez termos sofrido golos. Se não me falham as contas esta época sofremos em jogos oficiais 45 golos até agora, quase metade dos golos que marcámos. O problema não é a defesa por si só, Luisão, Garay, Maxi e Emerson/Capdevilla não são assim tão péssimos que justificasse tanto dissabor. O problema reside creio, na maneira como nos dispomos quando atacamos e depois ao perder a bola, como nos compensamos. Parece que estes mecanismos não foram treinados ou foram treinados muito em cima do joelho. Lamentável.

De Jesus que mais dizer? Defendi a sua continuidade, mas neste momento parece-me que nem a equipa está com ele e/ou percebe a mensagem e táctica que tenta passar. Justificou (como ontem) vários maus resultados com a competência da equipa adversária, quando a responsabilidade de vencer jogos contra equipas claramente inferiores, Guimarães, Académica, Olhanense, sporting, etc, estava completamente do nosso lado. Jesus no fundo parece ter-se esquecido do clube em que está, e aquela mensagem de confiança da sua apresentação: " comigo o Benfica vai jogar o dobro.." trocou-se por uma temerária: " o Carcavelinhos é um boa equipa...". Estás no Benfica, Jesus. Boas equipas são as outras grandes, as de Portugal e da Europa. O Rio Ave não é grande, o Olhanense também não, tu é que os fazes grandes pela tua incompetência.

Já Vieira anda escondido que nem um rato por terras de Vera Cruz deixando os outros sozinhos a apanhar os cacos de uma época que se partiu. Já em Janeiro quando era preciso que cá estivesse para tratar de contratações, foi para Moçambique tratar de assuntos "pessoais", reaparecendo bonacheirão numa inenarrável entrevista quando liderava o campeonato com 5 pontos de vantagem. Um verdadeiro líder por certo. No fim da época falará de erros que cometeu, e assim de rasura em rasura vai perdendo o Benfica e vai-se deprimindo quem ama o Clube.

Infelizmente o Benfica é hoje em dia povoado por muita gente que não O merece.


1 comentário:

Observador disse...

Há mesmo muita gente que não o merece.

Digo mais: há muita gente que não OS merece.