Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Espoliação.

Ontem assistimos a mais uma demonstração do ambiente de terror que o Benfica tem de encarar quando se desloca ao norte, em particular, e desta vez, á pocilga B, a demonstrar que o que os une aos sujos de contumil é muito mais do que umas simples negociatas... E não Presidente, não, não são só uns jagunços, o maior jagunço está sentado na cadeira do poder e o exemplo vem daí. Juro que li por aí algures que no fim do jogo se gritava " campeões" naquele xiqueiro...

Quanto ao jogo propriamente dito, com onze e com o Filipe Menezes em campo estavamos a ser melhores, e arrisco-me a dizer que se assim continuassemos, mais cedo ou mais tarde resolveriamos o jogo. E até com dez, considero que fomos competentes, pois os aprendizes-de-sujo não conseguiram cirar grandes oportunidades, só logrando marcar através da inspiração pessoal de um marreco que, recordo, já se desentendeu com o chorão do domingos, mas que com certeza agora é o seu maior amigo.

Mas não nos deixaram ganhar. Relembro que o fiscal de linha que informou o Xistra de que Javi devia ser expulso, é o mesmo que em Guimarães, não conseguiu ver um penalty claro a favor do Benfica, mas conseguiu ver que o Cardozo estava em fora de jogo num lance em que se isolava para a baliza. Mas Xistra também tem culpa, pois marcou falta nesse lance, quando deveria ter visto que quem comete infracção é o javardo do alan, falta da qual nasce o golo do adversário, com muitas culpas para o guarda redes, é também certo.

Deixo-vos isto:


Alcino, tinhas razão, há falta antes sobre o Javi.

Resta-nos registar o orgulho pela exibição valerosa e cheia de raça dos nossos jogadores, foram verdadeiros campeões! Todos vós!

Enfim, perdido que está o jogo e o campeonato, concentremo-nos naquilo que podemos vencer.

Quinta feira há mais!

Força Benfica!

3 comentários:

Observador disse...

Recuso-me a, como é uso dizer-se, deitar a toalha ao chão.
É improvável mas até ao lavar dos cestos é vindima.

Quanto ao árbitro assistente ... o homem até tem nome de circo.
José Cardinal, himself.

Sinto repulsa pelo que se anda a passar.

Mas o Benfica é muito grande e superior a tudo e a todos.

Berrante De Encarnado disse...

Só vis digo, enquanto não formos nós a usar e abusar da nossa força para impor respeito como outros o fazem, nunca ninguém o fará por nós.

ToElGordo disse...

Pois, é difícil manter a decência quando somos sistematicamente desrespeitados, apesar de nos darmos, e muito, ao respeito para com os outros.
É difícil...~
Por isso, não digo que no próximo jogo que os porcos vêm á Luz sejamos violentos, nada de bolas de golfe, nada de isqueiros, nada disso. Para mim umas cabeças de leitão jogadas para o relvado, e passar os vídeos das escutas nos écrans antes do jogo, por exemplo, seriam intimidação psicológica suficiente e limpa.