Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

A brincar aos futebóis

Depois de nos últimos dias, por força das circunstâncias, se terem multiplicado pela gloriosasfera soluções e ideias para a preparação da nova época, eis que segunda feira chega esta pérola em forma de notícia para os dedicados Benfiquistas.

Que coisa miserável ninguém nesta nossa gloriosasfera se ter lembrado de uma coisa destas, só mesmo o nosso presidente em conjunto com o sempre atento departamento de marketing. Assim, quase que sem querer, e acredito que não queira mesmo, pois coitado é pouco esperto para estas coisas, o presidente começa a condicionar a próxima pré-época, enchendo desde já os relvados do CFC e dessas Suiças de câmaras e aparato televisivo, um "must" por certo para quem deve estar concentrado e tranquilo a preparar uma época que se crê decisiva.

Entendo que se queira divulgar o Clube, espalhando a sua imagem e essas merdas todas, mas num clube de futebol, que melhor maneira de espalhar e divulgar imagem do que as vitórias?

Parece que dado este mote, e outros que decerto estão para vir, para a próxima época vamos voltar a "competir" em vez de voltar a "ganhar", e os Benfiquistas contentes que por aí existem, aqueles que apregoam que o importante é participar, rejubilam, completamente cegos da sportinguização, em curso, do Benfica..

4 comentários:

kispuz disse...

renni e uns alongamentos que isso passa ! treina treina muito que podes dar em fanfarrão perdão em campeão e anti-benfica .

Falar ou opinar com gentinha desta era o que faltava ao MEU glorioso SPORT LISBOA E BENFICA que tanto gosto e amo ...

Observador disse...

Esta não percebo.

RicardoPreto disse...

kispuz, não serás antes adepto do SLV, o sport lisboa e vieiristas?
já agora comenta a entrevista dele à Btv...

Greg disse...

Cada um tem o direito a ter a sua opinião e o dever de a expressar mas, sinceramente, há alguns que perdem qualquer credibilidade mal abrem o seu livro.