Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

11 Guerreiros para Aveiro


  • SC Beira-Mar
  • Estádio Municipal de Aveiro
  • Árbitro Paulo Baptista
  • 20h15
  • Sportv

 Para atacar a liderença isolada da Liga, heis a equipa provável para lutar pela vitória.

Algumas nuances podem ser feitas pelo Jesus, a começar na defesa com a entrada do Ruben ou do Miguel Vitor. No meio campo Aimar deve render o seu lugar ao Bruno César. No ataque e com o cansaço/mini lesão do Gaitan deve entrar Rodrigo e Nolito no apoio ao super Tacuara.

Independentemente dos guerreiros, o pensamento deve estar unicamente da vitória para continuar a NNossa caminhada ao 33º Titulo de Campeão Nacional.

A equipe fundamentalista estará presente no estádio para o seu forte contributo e apoio ao Glorioso.

Carrega Benfica.

7 comentários:

Rui Paiva disse...

E o Pablito ?? xD

http://contra-ataque1.blogspot.com/

Abraço

Greg disse...

O Pablito deve descansar, no entanto se estiver em condições esse é daqueles que tem lugar cativo no 11. :)

Abraço glorioso

Observador disse...

Aimar, Rodrigo e Saviola são as soluções à disposição de JJ mas só um deverá ter direito a entrar nas escolhas iniciais.

Se Jesus optar pelo figurino táctico mais utilizado esta temporada, o 4x2x3x1, Aimar tem lugar assegurado.

Já na lateral direita, Rúben deve "levar a melhor" sobre Miguel Vitor.

Greg disse...

Aimar pareceu-me estar a precisar de descansar, é uma arma para entrar na segunda parte se o jogo estiver bloqueado.

Ainda assim se entrar de inicio não deve render o jogo todo.

Observador disse...

Greg

Aimar saíu na segunda parte do último jogo exactamente para ser poupado para este.

Cumprimentos benfiquistas.

AVOGI disse...

HUmmm conversa de homens, vou recolher-me
kis .=)

Greg disse...

Observador, como pudeste ver o descanso não era para este jogo.

Entrou Saviola em vez de Rodrigo, para mim uma má opção já que o argentino fez muito pouco para a posição onde actuou.


Cumprimentos.