Directamente de Palermo, um olhar Encarnado e Vigilante sobre a actualidade do Nosso Clube e sobre o futebol Português em geral.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

There's no I in team

Caro Rúben:

O facto de seres chamado à selecção nacional é tão estranho quanto o Bosingwa não ser. É tão estranho quanto convocar o Nuno Gomes e o Quim na pré-época sem qualquer prova de boa forma, depois deixar de os convocar, para depois convocar outra vez o primeiro e deixar o segundo de fora para chamar o anão do Beto, esse franguista miserável..

Dizes que Jesus não pensa como Bento, mas Bento também não tem um Witsel, um Javi, um Maxi ou mesmo um Gaitán e fica no "suponhamos" de cada um conjunturar o que te acontecia se tivesse...

Mais do que isto tudo devias pensar que não sabes se terás hipóteses de jogar, o que não deixa de ser igual àquilo que hoje em dia vives no Benfica.

Devias ter-te lembrado dos teus colegas, no respeito que lhes deves e em quem te paga o ordenado e tratou de ti enquanto lutavas para ultrapassar aquela maldita lesão.

Se queres jogar mais, não é esse o caminho. Trabalha, esforça-te e com certeza que tudo isso será recompensado.

E lembra-te, ninguém é mais importante que ninguém e muito menos que o Clube e os seus superiores interesses.

5 comentários:

magalhães.Sad.SLB disse...

Bem dito!!

Gloriosas Saudações

Observador disse...

Texto muito bem conseguido.

Será que o Amorim não sabe que só jogam 11 de cada vez?

Será que Amorim não conhece as regras do respeito?

Amorim ... porque no te callas?

xirico disse...

Mais uma desilusão.E o rapaz até estava a ser utilizado.Daí a convocação.

ToElGordo disse...

É que não dá para perceber, ainda mais vindo de quem vem.

RSM disse...

Eu até gosto do Amorim, mas tal como C. Martins constatamos porque é que JJ não os utiliza e, mesmo, dispensou o primeiro.

Completamente de acordo com o seu texto.

Viva o SL e Benfica!